Loading...
Skip to content
Educação financeira

Entenda como DDA e débito automático podem ajudar no planejamento financeiro

Educação financeira

Atire a primeira pedra quem nunca deixou de pagar uma conta no vencimento por puro esquecimento. Em meio a tantas preocupações da vida, muitas vezes acabamos atrasando o pagamento de boletos por desorganização ou esquecimento.
Para ajudar no controle das finanças, existem duas alternativas. O Débito Direto Autorizado (DDA) e o débito automático. No caso do DDA, o cadastro é feito diretamente no banco em que a pessoa tem conta, através de aplicativo, internet banking ou nos terminais de atendimento eletrônico das agências bancárias.

O débito automático é a opção mais conhecida. Neste caso, a pessoa geralmente cadastra na prestadora de serviço uma determinada conta, como a do celular ou de luz, por exemplo, para ser paga de forma automática todo mês. Após esse registro inicial, a autorização para a transação é feita de uma única vez - através de uma consulta feita pelo banco em que a pessoa tem conta -, e vale para os meses seguintes. Esta cobrança só é interrompida após contato com a instituição financeira.

Já no DDA, a pessoa se cadastra no banco e passa a ter acesso direto na sua conta a todos os boletos emitidos em seu nome e CPF. Assim, pode visualizar todos os pagamentos previstos, verificar se os valores estão corretos e autorizar o pagamento. Esta autorização para o pagamento precisa ser feita individualmente, a cada transação. É possível escolher a data a cada mês e conferir o saldo antes, evitando qualquer débito sem saldo em conta.

DDA e débito automático ajudam no pagamento de boletos da Petros

Tanto o DDA quanto o débito automático podem ser usados para o pagamento de cobranças da Petros, seja de contribuições mensais, esporádicas ou de empréstimos. No caso do DDA, todo o cadastro é feito diretamente com sua instituição financeira, através de aplicativo, internet banking e terminais de atendimento eletrônico nas agências. No débito automático, você deve informar sua intenção à Petros, informando os dados bancários para a cobrança.

O DDA pode ser registrado para pagar os boletos da Petros em qualquer banco com autorização do Banco Central para oferecer este serviço. No caso do débito automático, a Petros tem convênio com Santander, Bradesco e Itaú.
O DDA e o débito automático ajudam a manter as contribuições da Petros em dia, garantindo sua aposentadoria no futuro.

 

Leia também

Dez dicas para economizar na conta de luz

Cinco dicas de cuidados com seu dinheiro em meio à pandemia do coronavírus

Imposto de Renda: separe documentos e faça um planejamento tributário

Taxa de juros caiu de novo: o que fazer com os investimentos?

Débito automático: novas regras para aumentar transparência ao cliente

Limite de juros para cheque especial começa a valer

Imposto de Renda: use seu plano de previdência para pagar menos

Confira como evitar excesso de gastos no Natal

Cheque especial: crédito fácil, mas a um preço alto

Confira os cuidados ao pedir um empréstimo consignado

Como economizar com medicamentos e evitar excessos na farmácia

Já pensou em trocar uma dívida mais cara por outra mais barata?

Saia das férias de julho com as finanças em dia

Renda e despesa: você sabe identificá-las?

Como acompanhar o orçamento mensal

Você conhece a Calculadora do Cidadão?

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 e 3529-5550 (ligações de celular) - dias úteis das 8h às 20h

 Envie um e-mail