Loading...
Skip to content
Números do PPSP – Setembro / 2016


PPSP tem rentabilidade acima da meta em setembro e no acumulado até o 3º trimestre


O Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP), também conhecido como plano BD, registrou rentabilidade de 0,58% em setembro, acima da meta atuarial de 0,54% para o mês, e de 14,85% no acumulado até o terceiro trimestre, bem superior à meta atuarial de 9,98% para o período. Os números evidenciam o bom desempenho dos investimentos.

O resultado foi impulsionado pela boa performance da renda fixa, que concentra quase 45% dos investimentos do plano. Os recursos alocados neste segmento tiveram rendimento de 1,49% no mês e de 24,13% no acumulado até o terceiro trimestre, acima do principal referencial do mercado, o CDI, que teve alta de 1,11% e de 10,42% nos mesmos períodos. O destaque foram os Títulos Públicos Federais, que valorizaram 1,68% em setembro e acumulam crescimento de 27,46% no ano.

Os investimentos em renda variável vêm apresentando recuperação ao longo do ano. Em setembro, esses ativos subiram 0,78%, em linha com os principais referenciais do mercado, o IBX-100 (0,60%) e Ibovespa (0,80%), e acumulam rentabilidade de 14,32% de janeiro a setembro.

Por outro lado, o segmento de investimentos estruturados, que conta com cerca de 6% dos recursos do PPSP, teve desempenho negativo de 6,68% no mês, e de 14,23% no acumulado até o terceiro trimestre. O resultado decorre da frustração de expectativa em relação ao crescimento do mercado gerada pela recessão econômica, o que atingiu as empresas e projetos que compõem a carteira de investimentos estruturados. 

 Grandes Números – PPSP – Setembro / 2016 – rentabilidade

* A rentabilidade total do plano é o retorno dos investimentos, descontados outros fatores que interferem no resultado, como por exemplo, despesas de custeio administrativo.

Grandes Números – PPSP – Setembro / 2016 – investimentos

 

Composição da carteira do PPSP 

Grandes Números – PPSP – Setembro / 2016 – carteira de investimentos
 

Movimentação do PPSP em setembro 


Grandes Números – PPSP – Setembro / 2016 – seguridade

• Patrimônio (ativos) são todos os investimentos que o plano possui, mais outros recursos que ele tem a receber.

• Compromissos futuros do plano (passivo) são os valores necessários para pagar os benefícios de todos os participantes,  seguindo o que está previsto no regulamento de cada plano.

• Equilíbrio técnico é basicamente a diferença entre os compromissos futuros e o patrimônio do plano e sofre variações para mais ou para menos, de acordo a variação do valor desses compromissos e a rentabilidade dos investimentos. O déficit ocorre quando os compromissos futuros ficam maiores que o patrimônio.

Saiba mais: apesar de os investimentos do PPSP terem rentabilizado acima da meta atuarial, o déficit passou de R$ 22,6 bilhões, em dezembro de 2015, para R$ 24,5 bilhões, em setembro de 2016. Isso aconteceu porque os compromissos futuros são atualizados mensalmente pela mesma meta atuarial (IPCA + juros) e o acréscimo resultante dessa correção é maior do que o ganho gerado pelos investimentos.
 

Veja a versão deste boletim em PDF



 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail