Loading...
Skip to content
Educação financeira

Cinco dicas de cuidados com seu dinheiro em meio à pandemia do coronavírus

Educação financeira

Em momentos de incerteza como o atual, a cautela financeira é ainda mais necessária. Para além dos cuidados para evitar a disseminação do coronavírus, muitos se preocupam também com a vida financeira. A situação é mais delicada para trabalhadores autônomos, como profissionais liberais, e informais, mas mesmo quem tem vínculo formal de trabalho deve ficar atento para se planejar e evitar excessos. O planejamento é fundamental para reduzir os gastos e minimizar os riscos para sua vida financeira. Confira cinco dicas para ajudar no seu orçamento:

1. Atenção na compra de alimentos
Com as compras em maior quantidade por causa da quarentena, muitos acabam calculando mal a quantidade de comida necessária para a família. Evite excessos e fique atento à validade dos alimentos. Frutas e legumes, por exemplo, podem estragar com facilidade. Fique atento a dicas de conservação e aproveitamento dos alimentos.

2. Não abuse dos pedidos de restaurantes
Sem poder sair de casa, muitos têm recorrido aos pedidos de restaurante como uma alternativa no período de adaptação ao home office ou aos momentos de diversão. Esses gastos podem parecer pequenos individualmente, mas comprometem o orçamento doméstico. Procure cozinhar em casa para minimizar esses gastos. Prefira receitas de fácil execução e se organize para deixar tudo pronto antes do início da jornada de trabalho. Se o pedido no restaurante for algo realmente importante neste momento, estipule uma cota semanal para evitar surpresas no fim do mês.

3. Planeje os gastos por ficar mais tempo em casa
Muitos começaram a trabalhar de home office e mesmo os aposentados passaram a ficar mais em casa. Com isso, alguns gastos podem subir, como compras para lanches da tarde e até a conta de luz e de gás. Planeje seus lanches para toda a semana ao fazer as compras de supermercado. Evite recorrer aos aplicativos de delivery para aquele lanche especial que pode pesar no cartão de crédito. Converse com a família, inclusive as crianças, para evitar desperdício no consumo de energia elétrica, por exemplo.

4. Reveja o orçamento doméstico
A hora de rever seu orçamento doméstico é agora. Muitos dizem que não é possível reduzir os gastos, mas em geral é possível cortar alguma gordura. Uma das alternativas para economizar é negociar pacotes mais em conta para seu celular e a TV por assinatura. Será que você usa toda a internet do seu plano de celular? Ou vê todos os canais do seu pacote de TV? Já pensou em trocar a TV por assinatura por um serviço de streaming? Nas compras de supermercado, uma opção é trocar as marcas mais conhecidas por marcas próprias das redes, por exemplo.

5. Evite compras desnecessárias
A ansiedade muitas vezes estimula compras de supérfluos. Avalie suas necessidades e não se empolgue com os anúncios e as facilidades das compras online. Para que comprar uma roupa nova se por enquanto está de quarentena? Precisa mesmo daquele eletrodoméstico que apareceu no anúncio da rede social? Vai conseguir mesmo ler aquele livro durante este período ou só vai acumular no armário? Avalie com calma suas necessidades antes de qualquer compra.

 

Leia também

Entenda como DDA e débito automático podem ajudar no planejamento financeiro

Imposto de Renda: separe documentos e faça um planejamento tributário

Taxa de juros caiu de novo: o que fazer com os investimentos?

Débito automático: novas regras para aumentar transparência ao cliente

Limite de juros para cheque especial começa a valer

Imposto de Renda: use seu plano de previdência para pagar menos

Confira como evitar excesso de gastos no Natal

Cheque especial: crédito fácil, mas a um preço alto

Confira os cuidados ao pedir um empréstimo consignado

Como economizar com medicamentos e evitar excessos na farmácia

Já pensou em trocar uma dívida mais cara por outra mais barata?

Saia das férias de julho com as finanças em dia

Renda e despesa: você sabe identificá-las?

Como acompanhar o orçamento mensal

Você conhece a Calculadora do Cidadão?

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail