Loading...
Skip to content
Governança / Responsabilidade social
Responsabilidade social

Historicamente, a Petros desempenha um importante papel na disseminação da responsabilidade social entre as entidades fechadas de previdência complementar. Em 2004, a Fundação participou da elaboração dos Princípios de Investimentos Socialmente Responsáveis para Fundos de Pensão, iniciativa capitaneada pela Associação Brasileira de Entidades de Previdência Complementar (Abrapp), em parceria com o Instituto Ethos.

No mesmo ano, a Petros adotou suas próprias Diretrizes e Políticas de Responsabilidade Social, ação pioneira entre os fundos de pensão. O documento estabelece princípios que devem estar presentes em todas as esferas de atuação e relacionamento. O modelo de gestão da Fundação é construído com base em relações éticas, transparentes, solidárias e obedecem a oito princípios gerais:

  • Respeito à Declaração Universal dos Direitos do Homem, da Organização das Nações Unidas;
  • Transparência ao cumprir atribuições e finalidades e nas relações pessoais e institucionais; 
  • Ética, conforme os princípios estabelecidos no Código de Condutas Éticas da Petros;
  • Respeito e incentivo à convivência democrática nas diversas instâncias de atuação; 
  • Equidade, justiça e respeito à legislação vigente nas relações de trabalho;
  • Rejeição às formas de trabalho escravo e infantil; 
  • Rejeição à discriminação e à exclusão social; 
  • Sustentabilidade ambiental. 

Equidade de Gênero Raça e Diversidade

Selo de Pró-Equidade de Gênero e Raça - 5ª EdiçãoA Petros tem como princípio promover a igualdade dentro do ambiente de trabalho e o engajamento no desafio de valorizar a diversidade e eliminar a discriminação de gênero e de raça, seja no acesso, na remuneração, na ascensão ou na permanência no emprego.

Para valorizar e dar mais visibilidade às diversas ações de responsabilidade social, realizadas até então de forma isolada, a Fundação aderiu ao Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, da Secretaria de Políticas para Mulheres do Governo Federal. Assim, em 2009, a Petros se tornou o primeiro fundo de pensão a receber o Selo Pró-Equidade de Gênero, um atestado de reconhecimento para a efetividade das ações realizadas dentro do programa.

A adesão nos anos seguintes resultou na conquista de mais três selos nas edições de 2011, 2013 e 2015. Mais importante do que receber a distinção, no entanto, é a possibilidade de o programa fortalecer a cultura da equidade na Fundação.

Hoje, o quadro próprio de empregados da Petros conta com mais mulheres do que homens, e elas ocupam metade dos cargos gerenciais. Isso ocorre porque desenvolvemos iniciativas importantes no que diz respeito à permanência delas no mercado como, por exemplo, o programa Mamãe, Papai e Bebê, que concede licença maternidade de 180 dias, e se estende aos homens, com a licença paternidade de 20 dias. Também fazem parte do programa o abono para acompanhamento de consultas médicas no primeiro ano de vida da criança, a sala de aleitamento materno para as lactantes, o acesso a cursos de preparação para pais, entre outros benefícios.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o Coed

Empresa Cidadã

Em 2016, a Petros fez parte de um seleto grupo que reúne 61 empresas que receberam o Certificado Empresa Cidadã, do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Rio de Janeiro (CRC-RJ). O prêmio é um reconhecimento da entidade à transparência e à qualidade do relatório anual, balanço social e demonstrações contábeis de 2014. A distinção reafirma o compromisso da Petros com a transparência e a eficiência na prestação de contas aos seus participantes, patrocinadoras e instituidores.

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail