Loading...
Skip to content
Governança / Gestão de riscos e conformidade
Gestão de riscos e conformidade

A gestão de riscos operacionais e financeiros e a conformidade da Petros com as melhores práticas são prioritários. A Gerência de Gestão de Riscos e Conformidade, dividida em duas áreas, é a responsável por este trabalho.

O setor de Controles Internos e Conformidade possui mecanismos para avaliações formais e periódicas de riscos internos e externos (fraude, corrupção e lavagem de dinheiro). Conta com uma Política de Risco Operacional, Controles Internos e Conformidade — que ajuda na identificação dos riscos legais e operacionais aos quais a Fundação está exposta — e uma Metodologia de Avaliação de Controles Internos e Avaliação de Aderência à Legislação, baseada nas melhores práticas do mercado.

A segunda área é o setor de Riscos, responsável por calcular e monitorar riscos financeiros e de mercado, como limites de exposição ou concentração em determinados ativos ou setores da economia, como ações e derivativos. Também efetua simulações de ALM (gestão integrada de ativos e passivos), analisando eventuais descasamentos entre obrigações a pagar (passivo) e os vencimentos dos investimentos e valores a receber (montantes, prazos ou indexadores).

Em fevereiro de 2018, a Petros aderiu voluntariamente ao Código de Autorregulação em Governança de Investimentos da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp). O cumprimento dessas determinações deverá ser certificado por uma entidade externa.

O trabalho da Auditoria Interna também é essencial para monitorar e evitar irregularidades e infrações, acompanhando, independentemente, a governança e os controles internos da Fundação.

O modelo de gestão de riscos operacionais da Petros é estruturado no conceito de Três Linhas de Defesa, conforme as diretrizes estabelecidas por The Institute of Internal Auditors (IIA).

 

1ª Linha de defesa  2ª Linha de defesa  3ª Linha de defesa
Gestão operacional Gerenciamento de riscos Auditoria interna
composta pelos órgãos gestores da Petros, responsáveis diretamente pelo gerenciamento de riscos, controles internos, processos e normativos sob sua responsabilidade. representada pela Gerência de Gestão de Riscos e Conformidade, que avalia a adequação e a efetividade do Sistema de Controles Internos e a exposição a riscos operacionais e legais. constituída pela auditoria interna, que promove uma avaliação independente da governança e dos controles internos, para otimização dos processos e alcance dos objetivos da Petros.
     

 

Outro elemento de controle interno é o Manual de Alçadas e Competências, que determina os responsáveis por cada tomada de decisão em diferentes níveis hierárquicos. O documento reúne em um único lugar os limites de atuação de todas as áreas e suas competências. Com o objetivo de diminuir os riscos em questões envolvendo valores financeiros, o manual evita a alçada única, ou seja, que apenas um profissional seja o responsável pela tomada de decisão. Esta medida, que engloba principalmente questões de grande relevância financeira, tem o objetivo de compartilhar a responsabilidade com profissionais de níveis hierárquicos iguais ou diferentes.

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail