Loading...
Skip to content
Governança / Ouvidoria e Canal de Denúncia
Ouvidoria

A Ouvidoria atua com independência, autonomia, imparcialidade e confidencialidade. Nosso papel é buscar, em parceria com todas as áreas da Fundação, soluções para as demandas, tanto do público interno como do externo, contribuindo para a melhoria dos processos internos, a transparência e as boas práticas de governança corporativa.

Além da busca de soluções urgentes para problemas relatados, a Ouvidoria também tem a missão de propor melhorias em processos internos. Para que possa cumprir sua missão, o órgão ocupa lugar estratégico no organograma da Petros, reportando-se diretamente ao Conselho Deliberativo. O(a) ouvidor(a) possui mandato de dois anos, podendo ser renovado uma vez.

Como usar nossos canais:

  • Reclamações agravadas sobre a atuação da Petros devem ser feitas na Ouvidoria. Clique abaixo em “Cadastrar manifestação”. Outra forma de contato é pelo telefone (21) 2506-0699. O atendimento por telefone funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.
  • Se já enviou sua demanda, acompanhe o andamento do processo no link abaixo “Consultar manifestação”. Caso precise enviar documento ou informação adicional sobre uma demanda, entre primeiro em “Consultar manifestação” e depois clique em “Complementar”.
  • Para primeira orientação ou solicitação de informação, o canal adequado não é a Ouvidoria. Nestes casos, procure a Central de Relacionamento (0800 025 35 45 ou clique aqui).

 

 

  • O que fazemos

    • Recebemos e tratamos reclamações agravadas (que já passaram pelo Atendimento e cuja resposta não foi satisfatória ou o prazo se expirou), internas e externas, relacionadas à atuação da Petros;
    • Conduzimos levantamentos preliminares para a adequada compreensão dos fatos apresentados;
    • Encaminhamos as demandas para tratamento nas áreas responsáveis e cobramos respostas compatíveis com a missão da Petros, de servir, da melhor maneira possível, a todos os seus participantes. Informamos os andamentos e resultados das demandas;
    • Identificamos alternativas, quando cabível para a solução das demandas;
    • A pedido das áreas, podemos facilitar negociações entre elas e partes externas;
    • Recomendamos ações para a melhoria da gestão e dos processos internos.

     

  • O que não fazemos

    • Não substituímos os canais de atendimento responsáveis pela primeira orientação ou resposta a pedidos de informações, como a Central de Relacionamento;
    • Não tratamos demandas sobre questões privadas nem pessoais, sem relação com a atuação da Petros;
    • Não modificamos normas internas nem decidimos pelas áreas da Petros, porém apontamos para a oportunidade de melhorias, conforme o caso;
    • Não aplicamos punições ou sanções de nenhuma espécie e circunstância;
    • Não negociamos com reclamantes ou denunciantes;
    • Não tratamos de demandas que estejam concomitantemente na esfera judicial.

     

 

Canal de Denúncia

Para denúncias de fraude, corrupção e violência no trabalho, entre outras irregularidades que apontem violação de normas internas (como o Código de Condutas e Éticas da Petros) ou externas (como leis ou normativos de órgão regulador), existe o Canal de Denúncia. A ferramenta utilizada para este propósito foi desenvolvida por uma empresa especializada e independente, em linha com as melhores práticas do mercado, garantindo anonimato e sigilo absolutos.


 

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 e 3529-5550 (ligações de celular) - dias úteis das 8h às 20h

 Envie um e-mail