Loading...
Skip to content
Governança / Comitês de assessoramento
Comitês de assessoramento

A Petros conta com comitês para assessorar e apoiar o processo de tomada de decisão do Conselho Deliberativo. Estes comitês são essenciais para fortalecer a governança na Fundação. Conheça-os.

Comitê de Investimentos

O Comitê de Investimentos é um órgão colegiado que tem por finalidade analisar e recomendar para deliberação do Conselho Deliberativo e/ou da Diretoria Executiva os investimentos e desinvestimentos a serem realizados pela Petros, além de monitorar a performance de todos os investimentos da Fundação.

São atribuições do Comitê de Investimentos analisar as Políticas de Investimentos dos planos administrados pela Petros; avaliar e recomendar investimentos e desinvestimentos e decisões estratégicas e táticas sobre ativos de alçada da Diretoria Executiva e/ou do Conselho Deliberativo; avaliar e recomendar outros investimentos e desinvestimentos e decisões estratégicas e táticas por determinação do Conselho Deliberativo, da Diretoria Executiva ou do Diretor de Investimentos; e monitorar e avaliar a performance dos ativos, considerando seus respectivos benchmarks e horizontes de investimentos.

Fazem parte do colegiado o Diretor de Investimentos; o Diretor de Riscos, Finanças e Tecnologia; e três membros independentes, nomeados pelo Conselho Deliberativo para mandato de dois anos, permitida uma recondução. Em matérias que sejam da alçada do Conselho Deliberativo, participam do comitê um conselheiro deliberativo, entre os representantes das patrocinadoras; e um conselheiro deliberativo, entre os representantes dos participantes.

Membros representantes do Conselho Deliberativo

  • André Luis Araujo Santana
  • Telmo Medeiros Lopes

Membros independentes

  • Cleveland Prates Teixeira
  • Everaldo Guedes de Azevedo França

 

Comitê de Riscos

O Comitê de Riscos é um órgão colegiado ligado à Diretoria Executiva, que tem por finalidade a supervisão das atividades de gestão de riscos da Petros, considerando a legislação vigente, o Estatuto Social da Petros, o Código de Condutas Éticas, o Programa de Integridade, as Políticas de Investimentos, o Manual de Alçadas e Competências de Investimentos da Petros, entre outros normativos internos.

Cabe ao Comitê de Riscos propor o apetite a riscos dos planos de benefícios e respectivos parâmetros de mensuração; garantir, de forma sistemática, a identificação de riscos relevantes para a Petros; e atuar na gestão dos riscos pertinentes ao negócio.

O colegiado é formado por oito membros, sendo quatro com direito a voto, e os outros quatro sem direito a voto, com reuniões ordinárias mensais e extraordinárias, em caso de necessidade. São membros com direito a voto o Presidente da Petros; o Diretor de Riscos, Finanças e Tecnologia; e dois membros independentes, nomeados pelo Conselho Deliberativo para mandato de dois anos, permitida uma recondução. São membros sem direito a voto o Gerente Executivo Jurídico e de Compliance; o Gerente Executivo da área responsável pela atividade de macroalocação na Diretoria de Investimentos; o Gerente Executivo Atuarial e de Desenvolvimento de Planos; e o Gerente de 1ª linha responsável pelo Setor de Gestão de Riscos.

Membros

  • Rodolfo Arashiro Rodriguez
  • Glauber de Oliveira Motta

 

Comitê de Auditoria

Em cumprimento à Resolução 27/2017 do Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), a Petros conta com um Comitê de Auditoria. Instalado em novembro de 2018, o Comitê de Auditoria tem a finalidade de assessorar o Conselho Deliberativo (CD), instância máxima de governança da Petros.

Entre suas principais atribuições estão a revisão das demonstrações contábeis; a avaliação da efetividade das auditorias independente e interna e da aceitação pela Petros de recomendações feitas pelos auditores independentes e pelos auditores internos ou as justificativas para não aceitação; a recomendação de correção ou aprimoramento de políticas, práticas e procedimentos; a avaliação e o monitoramento da qualidade e integridade dos processos de gerenciamento de riscos e dos controles internos.

Composto por um membro independente, um membro externo escolhido pelos conselheiros deliberativos que representam a patrocinadora e um membro externo indicado pelos conselheiros deliberativos que representam os participantes ativos e assistidos, o Comitê de Auditoria é vinculado diretamente ao CD. Seus membros têm mandato de três anos, contados a partir de sua posse, e podem ser reconduzidos mais uma vez ao cargo. Além das reuniões ordinárias e extraordinárias previstas, o comitê deve reunir-se, no mínimo, semestralmente com o Conselho Deliberativo, com a Auditoria Interna, com a Gerência de Gestão de Riscos e Conformidade e com a Auditoria Independente; e, no mínimo, anualmente, com o Conselho Fiscal. Clique aqui para acessar o Regimento Interno do Comitê de Auditoria.

Membros

  • Antônio Martiningo Filho (coordenador)
  • César Geraldo Fucci
  • Evenilson de Jesus Balzer

 

Comitê de Seguridade de Assessoramento ao Conselho Deliberativo

O Comitê de Seguridade de Assessoramento ao Conselho Deliberativo tem o objetivo de auxiliar o órgão máximo de governança da Petros no acompanhamento do passivo atuarial e dos regulamentos dos planos administrados pela Fundação, com base nas melhores práticas de mercado para preservar a solvência e a perenidade dos planos. Os integrantes do comitê devem ter conhecimento comprovado na área de seguridade de entidade fechada de previdência complementar. Além das reuniões ordinárias e extraordinárias previstas, o grupo tem de se encontrar pelo menos uma vez por semestre com a Diretoria Executiva e uma vez ao ano com o Conselho Fiscal.

O comitê é composto por um membro independente, um escolhido pelos conselheiros deliberativos de representação da patrocinadora e outro escolhido pelos conselheiros deliberativos de representação dos participantes ativos e assistidos. Os três membros têm mandato de três anos, podendo ser reconduzidos ao cargo uma vez. Clique aqui para acessar o Regimento Interno do Comitê de Seguridade de Assessoramento ao CD.

Membros

  • Cleide Barbosa da Rocha (coordenadora)
  • Marco Aurélio da Cunha Monteiro Viana
  • Herval Candido de Souza Filho

 

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 e 3529-5550 (ligações de celular) - dias úteis das 8h às 20h

 Envie um e-mail