Loading...
Skip to content
Atalhos / Educação Financeira
Educação financeira

Taxa de juros caiu de novo: o que fazer com os investimentos?

Educação financeira

A taxa de juros da economia brasileira caiu mais uma vez na semana passada, para um novo piso histórico, de 4,25% ao ano. Os juros vêm recuando desde julho de 2019, reduzindo o retorno dos investimentos mais conservadores, que têm remuneração atrelada à Selic ou à taxa DI, taxa de juros que costuma acompanhar a taxa básica.

A mudança impacta o rendimento desses investimentos e exige uma reavaliação dos investidores. Especialistas são unânimes em afirmar que a renda fixa não vai mais ter a mesma rentabilidade do passado. Mas o que fazer neste momento?

Com ajuda de especialistas e dependendo do perfil do investidor, quem quiser ganhar mais, terá que correr mais riscos. As alternativas incluem aplicações de renda fixa menos conservadoras, fundos multimercados – que aplicam em diferentes ativos, como ações, câmbio e renda fixa –, ações, mercado imobiliário e outros.

Ao escolher suas aplicações financeiras, é preciso considerar o prazo dos sonhos financeiros, idade e capacidade de lidar com os altos e baixos das aplicações de maior risco, ou seja, o perfil de investidor. Quem tem perfil mais conservador não deve começar a aplicar o dinheiro diretamente na Bolsa. O início na renda variável pode ser em fundo multimercado, por exemplo.

O mais adequado é estudar com atenção as alternativas e, de preferência, contar com o auxílio de especialistas de sua confiança.

O que não dá para negar é que a realidade do investidor mudou e é preciso se adequar. As lembranças de uma época em que o dinheiro rendia 1% ao mês ficaram há muito tempo para trás.

 

Leia também

Débito automático: novas regras para aumentar transparência ao cliente

Limite de juros para cheque especial começa a valer

Imposto de Renda: use seu plano de previdência para pagar menos

Confira como evitar excesso de gastos no Natal

Cheque especial: crédito fácil, mas a um preço alto

Confira os cuidados ao pedir um empréstimo consignado

Como economizar com medicamentos e evitar excessos na farmácia

Já pensou em trocar uma dívida mais cara por outra mais barata?

Saia das férias de julho com as finanças em dia

Renda e despesa: você sabe identificá-las?

Como acompanhar o orçamento mensal

Você conhece a Calculadora do Cidadão?

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail