Loading...
Skip to content
Empréstimos / Perguntas e respostas
Empréstimos - Perguntas e respostas

PP-2, PPSP-R e PPSP-NR

Como e onde pedir o empréstimo?
É prático e sem burocracia. Acesse a  Área do Participante e clique no ícone Empréstimo.  No caso de empréstimo fora da reserva, o contrato precisa da assinatura do solicitante (com firma reconhecida em cartório por autenticidade) e de duas testemunhas (com firma reconhecida em cartório por semelhança).

Quem pode pedir o empréstimo?
Participantes ativos e assistidos do PPSP-R, PPSP-NR e PP-2. Se você integra outro plano, acesse a Área do Participante para verificar se você tem acesso ao empréstimo Petros e as condições do crédito consignado.

Qual é o valor máximo emprestado pela Petros?
O valor máximo é a reserva do participante ou o teto de R$ 158.762,61.

O que é a reserva?
É o montante acumulado pelo participante na Fundação. Neste valor, está incluído apenas o que é aportado pelo participante. Os depósitos feitos pela patrocinadora não entram nessa conta. Somente participantes ativos têm reserva. Os que são assistidos não se enquadram mais nessa condição.

Quais são os juros cobrados?
Os juros são de 0,59% + IPCA (com defasagem de dois meses, pois o IBGE divulga o índice também com defasagem).

Qual é o prazo máximo de pagamento?
Até 120 meses, mas o prazo é atrelado à tabua atuarial da Petros. Ou seja, pode variar de acordo com a idade do participante.

Qual é o limite máximo de desconto no contracheque?
Trinta por cento (30%) da remuneração disponível, que é o que sobra após os descontos oficiais, como INSS, IR e decisões judicias, como pensão aos filhos.

Posso contratar um empréstimo superior ao valor da minha margem consignável?
Não. A margem consignável deve cumprir o que determinam as regras estabelecidas pelo Decreto 4.840.

As parcelas mensais são fixas?
As 12 primeiras parcelas são fixas. As demais variam de acordo com o IPCA, mas tendem a ser decrescentes, porque, à medida que a dívida vai sendo paga, o montante sobre o qual incidem os juros e a correção pelo IPCA fica menor, e a prestação também cai.

Essas taxas de juros representam todo o gasto com empréstimo?
Não. Sobre o montante emprestado ainda há taxa mensal de administração, de 0,25%, e seguros, que variam de acordo com o plano e o tipo de empréstimo (dentro ou fora da reserva). O custo efetivo total (CET) do empréstimo segue a tabela abaixo:

CUSTO EFETIVO TOTAL (CET) ao mês
PPSP-R 0,90% + IPCA
PPSP-NR 0,90% + IPCA
PP-2 0,75% + IPCA

Como é calculado o IPCA que incide mensalmente sobre as parcelas?
A correção muda todo o mês e utiliza a inflação oficial, o IPCA, divulgada pelo IBGE. A taxa usada no mês de cobrança refere-se à inflação de dois meses antes. Na prestação de dezembro, por exemplo, é usado o IPCA de outubro.

Em quanto tempo o empréstimo é liberado?
O crédito ocorrerá quatro dias após a solicitação do empréstimo.

Todos os planos da Petros têm as mesmas condições de empréstimo?
Não. As condições aqui citadas referem-se aos três maiores planos da Fundação: PPSP-R, PPSP-NR e PP-2. Para conhecer as condições de crédito de outros planos, entre em contato com a Petros.

 

Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - CNPJ 34.053.942/0001-50

 Rua do Ouvidor, 98, Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil CEP 20040-030

 Central de Relacionamento: 0800 025 35 45 (dias úteis das 8h às 19h)

 Envie um e-mail