Loading...
Skip to content
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
PETROS - A sua tranquilidade é a nossa marca.
Histórico


 

» Década de 1960

No início da década de 1960, a Petrobras - Petróleo Brasileiro S/A solicitou um estudo sobre uma nova forma de previdência para seus trabalhadores. Na época, a determinação de manter a qualidade de vida de seus empregados, enquanto na ativa e depois, na aposentadoria, já era uma constante na companhia.

Histórico - Daphnis reunião Petrobras

O estudo saiu do papel e, em abril de 1969, a assembleia geral de acionistas da Petrobras aprovou o projeto, delegando ao Conselho de Administração da companhia poderes especiais para aprovar o estatuto e o regulamento básico, o que aconteceu em outubro do mesmo ano. Assim, nasceu a Petros - uma instituição criada para complementar os benefícios pagos pela previdência oficial e para atender os empregados da Petrobras que desenvolviam atividades com grau de periculosidade e se mostravam preocupados com o futuro. 

 

» Década de 1970           

Em 31 de março de 1970, a Petros finalmente foi instituída e, na mesma data, a primeira Diretoria Executiva tomou posse. O início oficial das atividades, no entanto, ocorreu no dia 1º de julho de 1970. Neste mesmo mês, a Fundação pagou o seu primeiro benefício, um pecúlio por morte. Dois meses depois de iniciar as atividades, mais de 29 mil empregados da Petrobras e da própria Petros estavam inscritos no plano.

Para os trabalhadores, o plano de previdência complementar se traduziu em uma aposentadoria mais tranquila. Para as empresas, tornou-se uma importante ferramenta para a atração e retenção de talentos e de valorização profissional.

A Petros é pioneira no que chamamos de multipatrocínio, que é quando uma entidade de previdência administra planos de diversas empresas. Esta necessidade ocorreu logo no início das operações. Por meio de um convênio, a Petroquisa, a Petrobras Distribuidora (BR) e a Braspetro aderiram ao Plano Petros do Sistema Petrobras. Com isso, em 1972, o número de participantes já se aproximava dos 32 mil.           

 

» Década de 1980

A década seguinte registrou 80 mil participantes distribuídos em 17 patrocinadoras e mais de 18 mil benefícios haviam sido concedidos. Nessa época, a Petros contava com várias patrocinadoras, mas todas ligadas ao Sistema Petrobras.

 

» Década de 1990

Com as privatizações ocorridas nessa década, as empresas que deixaram de fazer parte do Sistema Petrobras mantiveram seus planos sob administração da Petros e outras pertencentes ao mesmo grupo societário dos novos proprietários também passaram a ser patrocinadoras. A partir daí, a Fundação alterou seu estatuto e se tornou efetivamente uma entidade de previdência multipatrocinada e multiplano.

Em 1999, a Repsol YPF foi a primeira empresa, fora do Sistema Petrobras, a criar um plano sob administração da Petros.

 

» Década de 2000

Em 2004, em mais um movimento de vanguarda, a Petros passou a administrar planos de previdência mantidos por associações e entidades de classe – os planos instituídos. Nesse modelo, a adesão do trabalhador ocorre por intermédio do vínculo associativo com o instituidor.

Em 2007, foi criado o Plano Petros-2 para os novos empregados do Sistema Petrobras. Sua estruturação foi fruto da negociação entre a representação dos trabalhadores e a patrocinadora, com assessoria dos especialistas da Petros.

 

» Década de 2010

Apenas 8 anos após seu lançamento, em 2015, o Plano Petros-2 ultrapassou a marca de R$ 11 bilhões em patrimônio e de 49 mil participantes. Com este resultado, se tornou o maior do país na modalidade contribuição variável, segundo a Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp).
             
              

Historico - Participantes por década


Atualmente, a Petros demonstra maturidade e solidez, e é responsável por administrar um patrimônio de R$ 63,6 bilhões, acumulados por cerca de 150 mil trabalhadores ao longo de toda uma vida. Desse total, aproximadamente 86 mil estão exercendo suas atividades profissionais na ativa e outros 64 mil já alcançaram os requisitos necessários e desfrutam de seus benefícios mensalmente. Os valores pagos pela Fundação representam em média 70% da renda dos aposentados e pensionistas, proporção que comprova a importância da Petros para garantir a manutenção do padrão de consumo dos participantes após a aposentadoria.

 

Com a palavra a Petros
Relacionamento

Central de Relacionamento

0800 025 35 45

dias úteis das 8h às 19h

Serviços automatizados 24h


Atendimento Presencial  

Rio de Janeiro - Salvador 

Santos - Aracaju

dias úteis das 8h às 17h


Fale Conosco - via e-mail


Atendimento Online - chat 

dias úteis - das 8h às 17h

Banner Petros 2 - PP2

Previdência Associativa
logo_p_aduanaprevlogo_p_anaparprevlogo_p_craprevlogo_p_crcprevlogo_p_croprevlogo_p_culturaprevlogo_p_fenajprevlogo_p_ibaprevlogo_p_prevestatlogo_p_previcontaslogo_p_previtalialogo_p_simeprevlogo_p_sinmed
Banner Previc


Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros - Rua do Ouvidor, 98 CEP: 20040-030 - CNPJ 34.053.942/0001-50 - Copyright © 1998 - 2013. Todos os direitos reservados.