Loading...
Skip to content
A Petros / Diretoria Executiva
Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva é a responsável pela administração da Petros. Deve seguir as políticas e diretrizes aprovadas pelo Conselho Deliberativo e a legislação vigente.

Atribuições

A Diretoria Executiva determina o que é preciso para a realização das atividades técnicas e administrativas da Fundação, elabora o orçamento anual, suas revisões e alterações; aprova contratos, acordos e convênios; apresenta as demonstrações contábeis; encaminha às patrocinadoras informações para supervisão e fiscalização sistemática dos planos; e elabora o plano de custeio dos planos de benefícios, suas políticas de investimentos e proposta de aplicação de recursos, que posteriormente são apreciados pelo Conselho Deliberativo.

Como é formada

A Diretoria Executiva é composta por quatro membros: um presidente e três diretores (Investimentos, Seguridade e Riscos, Administração e Finanças). Dois deles podem ser designados entre não participantes dos planos de benefícios administrados pela Petros. Os outros dois precisam ser participantes ou assistidos com mais de dois anos consecutivos de contribuição à Fundação. Todos os membros da Diretoria Executiva precisam ser aprovados pelo Conselho Deliberativo antes de assumir o cargo. Seu mandato pode ser renovado anualmente, sempre na reunião do Conselho Deliberativo que aprova as demonstrações contábeis anuais.

O que faz o presidente?

O presidente é quem dirige e coordena a Diretoria Executiva e a Petros como um todo. É ele quem representa a Fundação, fiscaliza e supervisiona a execução das atividades e das decisões tomadas pelo Conselho Deliberativo e pela Diretoria Executiva. O presidente também manda verificar o cumprimento dos atos normativos; fornece aos presidentes dos conselhos Deliberativo e Fiscal informações necessárias ao desempenho de suas atribuições, assim como envia às autoridades competentes as informações que forem solicitadas.

O que fazem os diretores?

Além das atribuições e responsabilidades que assumem como membros da Diretoria Executiva, na qual têm voto pessoal, os diretores são os gestores máximos de suas áreas de atividade — Investimentos, Seguridade e Riscos, Administração e Finanças.

São responsáveis por todos os processos operacionais e por assegurar que atividades sejam realizadas de acordo com a legislação e com normativos internos. Também monitoram, registram e corrige